Olá, meu nome é Marta, tenho 33 anos, mãe 24 horas do João Pedro de 7 anos e do João Victor de 1 ano e 10 meses. Sou de Resende, RJ, mas morando no momento em São Luís do Maranhão. Agradecemos desde já a sua visitinha no nosso blog. Welcome!

FOR YOU


EM BREVE!

LINK ME





LINKS


Casinha da Luci
Studio Dreams
Cantinho Novo da Taty
Daday Zone
Papo de Princesa
Nadiapag
Finas Pétalas
Small Princess
B. feelings
Fofuras Br
Fashion Family
Coisinhas By Drika
Lau Confessions
Sweet Scape
Dolce Illusione
Cantinho Aconchegante
Cristiny On line
Mhilkinha
Diário de Lara
Casinha das Gifs
Ovário Falante
Rosely Saião
Perfect World

CRÉDITOS


[x] [x] [x] [x] [x] [x]

TEMPLATE


By Marta Nogueira

Site Meter

Tire todas as suas dúvidas sobre blogs.




De volta com post fofinho...
JP e caçulinha estão desenhando no chão da sala...
O caçula só rabisca e sabe que o irmão faz desenhos bonitos..

Aí ele pede e o irmão desenha:

- carro!
- lua!
- fofão!
- picamon! (pokemon)
- poco poco! ( helicóptero)

Aí, JP vira pra mim e fala : - Tô cansado mamãe, já desenhei até um pintinho...

E eu: - ele falou pintinho???

JP: Não ele falou chicken!


Postado porMarta
[ Comente Aqui! ] [ ]




BATER EM CRIANÇA É COVARDIA!

Hoje, dia 19 de novembro é o Dia mundial pela prevenção da violência doméstica contra crianças e adolescentes. Quem passa por aqui, têm visto que o assunto desse blog está recheado dessa polêmica nos últimos posts... Colei muitos textos, dei ótimas dicas, mas hoje queria passar a minha visão de mãe, mais passional e simplista do assunto.

Um dia, eu fui uma pessoa que acreditava que palmada educava. Sim, já dei palmadas no meu filho mais velho, mas graças à comunidade Pediatria Radical no Orkut e através de vários textos, livros e etc, eu mudei de opinião e livrei o caçulinha dessa furada. Mudei porque cheguei à conclusão que eu batia no meu filho porque eu estava com raiva, não porque estava educando. Mudei porque espero ser um ser humano melhor a cada dia.

Alguns questionamentos foram fundamentais para mais essa evolução na minha vida e quero passar a vcs, para que façam tb, a sua reflexão:

·          Você acha correto agredir alguém mais fraco?

·          Ao levantar a mão para seu filho, vc está sentindo raiva ou se encontra calmo e consciente da atitude que está tomando?

·          É uma atitude acertada bater em alguém para ensinar alguma coisa?

·          Depois de bater em seu filho, vc se sente bem e feliz?

·          Como vc se sentiria, se a pessoa que deveria te proteger resolve te agredir?

·          Como explicar para seu filho a incoerência de que vc o agride para educá-lo, mas que ele não pode bater no amiguinho porque é feio?

·          Vc, adulto, se acha merecedor de uma “palmadinha” quando tenta fazer algo e não consegue ou faz errado?

·          Porque criança pode apanhar, mas mulher, idoso e presidiário não?

Eu poderia ficar aqui falando sobre esse assunto o dia todo e tentar incutir nas pessoas que não devemos nunca agredir ninguém, principalmente as pessoas que mais amamos na vida. Acredito que lendo e refletindo sobre essas perguntas, pessoas conscientes e com amor no coração, tomarão a atitude de respeitar a criança para que ela se torne um adulto melhor e que finalmente esse círculo vicioso da palmada termine um dia. Não quero ver meus netos sendo agredidos. Não é essa visão que quero para o meu futuro. Vamos respeitar as crianças, assim viveremos num mundo melhor...

Post em Homenagem à Isabella de Oliveira Nardoni, Rachel Maria lobo de Oliveira Genofre, Lavínia Rabech da Rosa e a tantas outras crianças vítimas de violência. Chega de covardia!



Postado porMarta
[ Comente Aqui! ] [ ]




Como educar seu filho sem palmadas

Estratégias positivas de educação
São aquelas formas educativas que não utilizam a violência física e psicológica e que promovem o desenvolvimento físico, emocional e social dos filhos de forma saudável e participativa.

Exemplos:

1) Procure compreender a criança e saber o que esperar dela na fase de desenvolvimento em que ela se encontra

Uma criança de 1 ano e meio já consegue se alimentar sozinha e este é um comportamento que deveria ser estimulado pelos pais e/ ou cuidadores. Mas eles devem ter paciência e, ao invés de se irritarem com a “lambança” que a criança irá fazer, estimulá-la a se alimentar por conta própria. Colocar um plástico ou jornais embaixo da cadeira que a criança está comendo torna mais fácil limpar o local depois da refeição.

2) Procure prevenir o comportamento indesejado de acontecer (promovendo um ambiente mais propício para os bons comportamentos), arrumando a casa de uma determinada maneira que atenda às necessidades das crianças e às suas, ou prevenindo determinadas situações indesejáveis.

Você precisa fazer compras e terá que levar com você seu filho pequeno.
Sugestão = dê-lhe um brinquedo para se distrair; deixe-o ajudar nas compras; converse com ele sobre o que está comprando – peça-lhe para falar o que ele acha de um determinado produto; se for uma criança mais velha, ela pode ter maior mobilidade e ir pegar outros produtos enquanto você está em outro setor do supermercado.

3) Mostre à criança o comportamento mais adequado dando o seu próprio exemplo

Beber suco diretamente da garrafa irá ensiná-lo que esse é um comportamento adequado. Assim como falar mal das pessoas depois de encontrá-las. Seu filho aprenderá muito mais com o seu exemplo do que com o que você diz a ele sobre o que é certo ou errado.
Isso vale também para os pequenos atos de higiene do cotidiano: escovar os dentes, lavar as mãos antes de comer, etc. É mais fácil para a criança criar e manter essa rotina se você também a realiza.

4) Use reforço positivo (um abraço, um elogio, um beijo...)

Ela colocou a roupa suja no cesto de roupas? Elogie. Assim como o desenho que a criança fez, o fato dela ter conseguido colocar a calça sozinha, o fato dela contar uma história para você ou colocar algo no lugar que você pediu.

5) Deixe as conseqüências naturais do comportamento inadequado acontecerem ou aplique conseqüências lógicas.

Conseqüência natural: a criança está brincando de maneira violenta com seus brinquedos. Você a avisa que ele pode se quebrar, mas ela continua a brincar da mesma maneira até que ele finalmente se quebra. Logo em seguida ela pede para você comprar outro. Neste momento, você deve relembrá-la do aviso que lhe foi oferecido e negociar com ela esta nova compra.
Conseqüência lógica: a criança não cumpre com o que foi acordado com os pais sobre xingar os irmãos. Ela, então, ficará no “cantinho do castigo” o tempo adequado para a sua idade.
Importante: conseqüências são diferentes de punições. Estas últimas machucam as crianças, fisicamente e emocionalmente deixando-as com raiva, inseguras e tristes. As conseqüências ensinam. Essa estratégia, no entanto, não deve ser usada quando significar submeter a criança a situação de perigo,

6) Ofereça às crianças opções de escolhas reais.

Se sua filha não quer ir dormir, ofereça as opções de você niná-la ou o seu marido; se ela gostaria de escolher uma história para você ler ou você poderia escolher a história; Deixe que seu filho escolha as próprias roupas a partir daquelas que você julga adequadas para a ocasião. Isso não quer dizer que você irá deixá-lo sair de shorts no frio, mas ele pode optar para usar uma calça azul e não uma amarela. Quando não oferecemos opções às crianças, a probabilidade delas se rebelarem é maior!

7) Crie uma rotina com horários para seu filho.

Isso não significa que os horários tenham que ser rígidos, mas a criança se sente mais segura quando há uma rotina para o seu dia-a-dia, como horários para as refeiçõ----es. O processo de colocar a criança para dormir também fica muito mais fácil se seguir uma certa ordem, como por exemplo: brincar, jantar, tomar banho, contar história, dar boa noite para os outros membros da família e ir para a cama. Mas sempre procurando estabelecer esta rotina de maneira participativa com a criança.

Dicas de como educá-los

 

1. Se acalme. Respire fundo antes de chamar a atenção do(a) seu(ua) filho(a). Evite discutir os problemas sob o efeito da raiva, pois dizemos coisas inadequadas para a aprendizagem das crianças, que as magoam tanto quanto nos magoariam se fossem dirigidas a nós!

2. Sempre tente conversar com as crianças, mantendo abertos os canais de comunicação. Entender porque algo está acontecendo ao conversar com a criança é o primeiro passo para juntos vocês encontrarem a solução!

3. Jamais recorra aos tapas, insultos ou palavrões. Como adultos não queremos ser tratados assim quando cometemos um erro... Então não devemos agir assim com nossos filhos! Devemos tratá-los da maneira respeitosa como esperamos ser tratados por nossos colegas, amigos ou pessoas da família, quando nos equivocamos. As crianças são seres humanos como nós!

4. Não deixe que a raiva ou o stress que acumulou por outras razões se manifestem nas discussões com seus filhos. Seja justo e não espere que as crianças se responsabilizem por coisas que não lhes dizem respeito.

5. Converse sentado, somente com os envolvidos na discussão. Isso contribui para uma melhor comunicação. Mantenha um tom de voz baixo e calmo, segure as mãos enquanto conversam - o contato físico afetuoso ajuda a gerar maior confiança entre pais e filhos e acalma as crianças.

6. Considere sempre as opiniões e idéias dos (as) seus (as) filhos(as). Afinal muitas vezes suas explicações pelo ocorrido não são nem escutadas. Tome decisões junto com eles para resolver o problema, comprometendo-os com os resultados esperados. Se o acordo funcionar, dê parabéns. Se não funcionar, avaliem juntos o que aconteceu para melhorar da próxima vez.

7. Valorize e faça observações sobre os aspectos positivos do comportamento deles (as).Elogios sobre bom comportamento nunca são demais! Cuidado para não atacar a integridade física ou emocional da criança fazendo com que ela sinta que jamais poderá atender suas expectativas! Ao invés de dizer: “Você é um desastrado, nunca faz nada direito!”, que tal tentar: “Olha o que acaba de acontecer, como podemos evitar que aconteça de novo?”.

8. Busque expressar de forma clara quais são os comportamentos que não gosta e te aborrecem. Explique o motivo de suas decisões e ajude-os a entendê-las e cumpri-las. As regras precisam ser claras e coerentes para que as crianças possam interiorizá-las!

9. "Prevenir é melhor que remediar, sempre”. Gerar espaços de diálogo com as crianças desde pequenos colabora para que dúvidas e problemas sejam solucionados antes do conflito.

10. Se sentir que errou e se arrependeu, peça desculpas às crianças. Elas aprendem mais com os exemplos que vivenciam do que com os nossos discursos!

http://www.naobataeduque.org.br/paiseeducadores.php?paiseeducadores=3

 



Postado porMarta
[ Comente Aqui! ] [ ]




POR UMA CAUSA MUITO IMPORTANTE!

BLOGS PARTICIPANTES:

Marta
http://doissorrisos.zip.net/

Fernanda
www.amamentandoumbebe.blogspot.com

Jen
http://causosdepequetita.blogspot.com/

Dida
http://maniadesling.blogspot.com

Andréa
http://soriamattos.blogspot.com/

Bia
http://biadesperatehousewife.blogspot.com

Samurai Gato
http://samuraigato.blogspot.com/

Flávia
http://joaoastronauta.blogspot.com/

Angelica
http://parasophiaparaluzia.blogspot.com/

Ana
www.fotolog.com/soleil2007

Mamãe Luciana
http://mommyluciana.blogspot.com/

Magna
http://magnapetala.blogspot.com

Bellep
http://barcelonaestalonge.blogspot.com/

Andréia
http://lucaseisabella.blogspot.com/

Dryka
http://rapunzelmorena.blogspot.com/

Lu castro
http://lucivanda.blog.terra.com.br/

Pat
http://patsgoda.blogspot.com/

Neyva
http://www.umafamiliaincrivel.blogspot.com/

Ana F
http://anadavies.blogspot.com/

 

 



Postado porMarta
[ Comente Aqui! ] [ ]




CADÊ A BLOGUEIRA QUE TAVA AQUI?

Ok, ok,ok...Tenho consciência total do meu sumiço, eu tava sem saco gente, confesso... Como boa geminiana que sou, estou me dando o direito de ser inconstante de vez em quando, na verdade quase sempre... O que aconteceu de relevante na minha vida durante o mês todinho que estive ausente daqui???? Nossa, tanta coisa... Continuei na minha malhação, mas confesso que deixei a dieta de lado.. Por conta disso engordei um quilo semana passada que mamãe e tia Rúbia tiveram por aqui.. Comi demais, comprei demais, feliz demais e etc.... Maridão trabalhando muito, mamãe ainda mais grudadinha com seus sorrisos... Meu sorriso nº 1 está super bem, lendo lindamente, ajudando a mamãe a preparar delícias na cozinha e a cuidar do irmão.. Temos os nossos pés de guerra de vez em quando, mas nada que uma "consequênciazinha" não resolva... Ele já entende a relação causa e efeito, teimosia= perder alguma coisa que gosta e vamos levando.... O sorriso nº2 está aumentando seu vocabulário e a sua safadeza tb..Já temos mama, papa, paum (pão), nanana (banana), gáda (guarda), bala, pato, teins (tênis), fuva( chuva) vovó e mais um monte que eu não consigo lembrar agora.. Outra hora passo aqui pra fazer uma listinha das fofuras dele... Vou aproveitar meu momento de empolgação bloguística e visitar minhas amiguinhas, tô com saudades de vcs.... Bjos! 



Postado porMarta
[ Comente Aqui! ] [ ]




VOLTEI!

Nossa, nem acredito que fiquei um mês longe daqui... Hoje me deu uma saudade do blog, pois é.. Sou mesmo uma mulher de fases e agora tenho vivido uma fase mãe muito intensa e uma fase" cuidar de mim mesma".. Deixei o lado blogueira de lado e só entrava na net pra papear no orkut. Tanta coisa aconteceu gentem, que vcs nem imaginam.. Só pra começar, eu perdi cinco quilos... levei a dieta muito a sério nesse mês e malhei bastante tb, por isso tudo deu certo.... Voltei na Go e finalmente tô tratando minha insônia, mas pra isso tô tendo que tomar remédios. Tô bem tranquila quanto a isso porque sei que é provisório e que tratando a minha ansiedade o sono virá, aliás já veio.... Tb cortei o cabelo.. Fiz um corte chanel bem moderno, com as pontas mais compridas na frente e mais batidinho atrás.. Adorei!Maridão tb adorou!

Como o tempo tá passando rápido né gente?! Já estamos em setembro, daqui a pouco o Natal taí e pronto! Acabou o ano... Estamos na expectativa pra saber se a transferência sai ou não. Tõ muito a fim de ir embora, mudar de ares, mas tb vou sentir muita falta daqui de Foz.. Eu adoro a cidade, adoro o Paraguai, vcs não fazem idéia da minha listinha de compras até o fim de ano... Quero aproveitar né!!! Bom meu povo, por enquanto as novidades são só essas, desculpem o sumiço, mas hão de convordar comigo que valeu a pena dar uma sumida pra cuidar um pouco mais de mim, né?! Prometo não demorar pra voltar.. Beijinhos em todas....



Postado porMarta
[ Comente Aqui! ] [ ]




Não bata, eduque!

Olá amigas queridas, como estão? Espero que estejam bem... Eu tive uma semana supercorrida e sequer tive tempo de passar nos blogs linkados e responder os comentários de quem esteve por aqui deixando o seu carinho, mas pretendo tirar o dia hoje para isso. Tô firme e forte na malhAção, tem dia que me dá uma preguiça depois do almoço, mas mesmo assim eu não deixo de ir para a academia. Depois dos trinta minha gente, fica muito mais difícil para entrar em forma!!!!

Eu prometi que nesse post escreveria alguma coisa sobre "castigos físicos em criança". Como a maioria sabe, eu sou mãe de dois meninos, um gatão de 7 anos e um piazinho de 1 aninho. Eu fui mãe pela primeira vez com 26 anos e procurei de todas as formas, estar bem informada para o parto. Me decidi pelo parto normal porque indiscutivelmente é o melhor para a mamãe e para o bebê, e na minha cabeça, quem escolhe a hora de nascer é a criança e não a mãe ou o médico.... Acontece que pouco me informei sobre as necessidades reais de um bebê e de uma criança. Não tô falando somente de suas necessidades físicas, mas de entender realmente o que se passa na cabecinha do nosso filhinho recém chegado....O que a maioria faz é seguir os conselhos dos mais velhos, aliás, o que não falta na nossa vida depois que somos mães, são os palpites.... Pois bem, o umbigo cai, os dentinhos nascem, eles começam a falar e surgem as primiras birras e malcriações e como lidamos com isso???? " Ah! Uma palmadinha não mata ninguém, eu apanhei e não morri, sou uma pessoa decente!" Não é assim que a maioria pensa, meu povo??? Pois bem, eu tb pensava assim, mas algo dentro de mim ia contra o meu pensamento, pois cada palmada que eu dava no meu filho doía tb em mim. E olha que forma poucas... Pois bem, lendo muito e  vendo a incoerência de tentar educar alguém através da violência, eu decidi que isso nunca mais fará parte da minha vida como mãe e na vida dos meus filhos.... Pois palmada não educa ninguém, a verdade é que quando batemos, estamos decontando a raiva nos nossos filhos. Essa é a mais pura verdade... Tem uma campanha chamada "Bater em criança é covardia" encabeçada pela comunidade "Pediatria Radical" no orkut e eu tb decidi abraçar a causa. Se alguém se interessar pelo assunto é só procurar pela comunidade e procurar pelo assunto "Palmadas" por lá... Indico tb a comunidade "Bésame Mucho", que ensina como podemos criar nossos filhos com amor.... Bom, meu recado tá dado, espero que eu tenha tocado um pouco no coração de cada mãezinha ou futura mamãe que por aqui passar, é só pensar um pouquinho no assunto gente... Não quero mais ver noticiários na TV de mães e pais que judiam de seus filhos, batem até matar ou os jogam pela janela... Beijinhos..

Ah, se vc passou por aqui hoje e comentou tem um presentinho pra vc "aqui"... Ah, e visitem o destaque: "Portal Xanda"

 



Postado porMarta
[ Comente Aqui! ] [ ]




Sereníssima...

Bom dia gente, acompanhei hoje pela manhã, embasbacada,  a linda abertura dos "Jogos Olímpicos de Pequim", tenho certeza que essa festa vai ser uma das mais bonitas que já vimos em se tratando de Jogos Olímpicos. Eu sou apaixonada pela cultura chinesa, ela é muito rica e o povo chinês é perfeccionista, logo teremos um espetáculo belíssimo duante todo o mês de agosto. Eu adoro Olimpíadas.... Não perderei os jogos de vôlei e a ginástica olímpica. Por falar em ginástica, eu aproveitei o pique olímpico e tb voltei a malhar, já consegui perder dois quilos essa semana com malhação e dieta. Beleza!!! Ainda iremos falar bastante de ginástica e dos jogos aqui, teremos assunto para o mês todinho...

Adorei ter participado da Blogagem coletiva sobre amamentação. Pena não ter podido voltar aqui mais uma vez para postar mais alguma coisa e reforçar os benefícios de ato tão bonito e que reforça tanto o vínculo entra mãe e filho. Vcs sabiam que no Brasil, a maioria dos bebês só são amamentados até o 2º mês? Muito pouco não? O ideal é que a amamentação seja exclusiva até o sexto mês e que seja estendida preferencialmente até o segundo ano de vida... Eu amamentei meus meninos até o sexto e sétimo mês, não consegui mais paciência para continuar com a amamentação. Uma pena! Mas fica aí a dica preciosa... E não me tirem como exemplo...

Desde que voltei de viagem tenho me sentido diferente, estou numa fase muito mais serena da minha vida...  Meu objetivo tem sido melhorar cada dia mais como mãe e conseqüentemente como pessoa. Acho que educar um filho é uma das missões mais difíceis que encontramos na vida, mas tb uma das mais gratificantes. Procuro sempre estar por dentro de assuntos ligados à educação de crianças e penso que  métodos que nossos pais usavam para nos "educar" não são mais cabíveis e nem aceitáveis nos dias de hoje, aliás não deveriam ter sido aceitos nem naquela época. Mas isso é assunto para um outro post. Volto com calma para discutirmos mais sobre isso, por enquanto comentem e digam o que vcs pensam sobre essa frase: "BATER EM CRIANÇA É COVARDIA". Beijos, reflitam e boa semana...

 



Postado porMarta
[ Comente Aqui! ] [ ]




Carta para a mamãe!

Querida mamãe,


Esta noite acordei estranhando o silêncio. Não havia barulho algum e pensei que o mundo tinha até acabado e você esquecido de mim. Coloquei a boca no trombone e você veio. Ainda bem!

Fiquei tão feliz no calor do seu peito que acabei pegando no sono antes de mamar tudo o que precisava. Quando percebi que você ia me colocar no berço, chorei de novo, mas não tente negar: você estava com pressa para ir dormir outra vez.
Você me deu de mamar novamente, assim, meio apressadinha e depois resolveu trocar a minha fralda. Estava tudo tão calmo, um silêncio, nós dois juntinhos. Estava legal e eu perdi o sono. Você até que foi compreensiva, mas começou abocejar e resolveu me fazer dormir. Eu não queria dormir. Talvez eu precisasse de mais dez minutos, meia hora.Mas você estava mesmo decidida a dormir. Foi ficando bem nervosa e até chamou o papai. Eu não queria o papai e todos fomos ficando muito irritados. No final das contas acordei a casa inteira cinco vezes. De manhã nossa família estava comcara de quem saiu do baile. Acho que estraguei tudo. Imagina, você chegou a dizer para o papai que eu estou com problema de sono. Eu não! Você é que vem me dar de mamar com pressa e daí eu sinto que você não quer mais ficar comigo. Os adultos tem hora certa para tudo mas eu ainda não entendi essas de relógio e tarefas estafantes que as pessoas grandes precisam fazer. Quando meu corpo está com o seu, quero ficar do seu lado sem me separar nunquinha. Do alto dos meus três meses ainda não descobri direito que você é uma pessoa e eu sou outra. Um dia, eu vou sair por aí, vou saber telefonar e posso lhe deixar doida para saber o que ando fazendo e então você vai entender como me sinto agora. Mas não precisamos dessa guerra mamãe. Até lá já poderemos nos entender inclusive através das palavras. Sinto a angústia da separação, pois terminei de viver uma das grandes. Você também, mas vive tudo isso como adulta consciente. Eu ainda vivo no inconsciente.
Por enquanto nossa comunicação direta fica restrita aos nossos sentimentos inconscientes. Eu não sei nada, tudo é novo para mim. Você pode até achar que não sabe nada e que tudo é novo para você, mas eu vou aprender o que você me ensinar através da sua sensibilidade, dos seus sentimentos em relação a mim. Sabe, mamãe, se você quer um conselho, vou dar: quando eu chorar à noite, não salta logo para meu berço desesperada, como se o mundo fosse acabar. Espere um pouquinho, respire profundamente, ouça o meu choro até que ele atinja o seu coração. Sinta seu tempo, realmente acorde e venha me pegar. Me abrace devagar,não acenda a luz, fale bem baixinho e me dê o seu peito para eu mamar. Depois que eu arrotar, mais um pouco só de paciência, pois nós, bebês, somos muito sensíveis aos sentimentos dos adultos, especialmente os da mamãe. Se eu sentir que você está com pressa, sou capaz de armar o maior barraco, mas se você esperar até o meu segundo suspiro, quando meus olhos ficarem bem fechados,minhas mãos e pernas bem molenguinhas, aí sim pode me colocar de volta no berço que eu não acordo antes de sentir fome outra vez.
Conforme você for desenvolvendo sua paciência mamãe, eu estarei desenvolvendo minha tranqüilidade e nós não teremos mais noites infernais; apenas noites de mamãe/bebê, que um dia passam, como tudo na vida.

Sempre seu,

Gu-gu dá-dá!


Acordando de madrugadaTexto de Cláudia Rodrigues, jornalista e educadora somática



Postado porMarta
[ Comente Aqui! ] [ ]




Oi gente, excepcionalmente um post megarápido pra convidar às amigas que passarem por aqui para participar da:

No dia 01 de agosto (e, se preferir, em qualquer dia até o 07 de agosto), publique um post, uma foto, um textinho, qualquer coisa que lembre a importância da amamentação.Se o assunto é amamentar, apoio à mulher, em primeiro lugar!Todos os anos, desde 1992, em todo o mundo são realizados eventos que têm como objetivo concentrar os esforços para promover a importância da amamentação.A Semana Mundial da Amamentação é uma iniciativa da WABA, concebida em 1992 com o objetivo de promover, proteger e apoior o aleitamento materno.Introduzida no Brasil em em 1993 por Denise Arcoverde, fundadora do saudoso grupo Origem e criadora da comunidade Grupo Virtual de Amamentação, ela teve tamanho sucesso que em somente quatro anos passou a ser comemorada em quase 5000 municípios.Oficialmente, a Semana Mundial da Amamentação (SMAM) é de 01 a 07 de agosto. Em alguns países, a SMAM é celebrada em outras datas, mas no Brasil, a Semana começa daqui a pouco, no dia 01 de agosto. Se vc é mãe, sabe da importância de amamentar, colabore com essa iniciativa... kisses...



Postado porMarta
[ Comente Aqui! ] [ ]




Em paz com meu coração

Tenho pensado ultimamente como andei levando a minha vida no último ano, milhões de acontecimentos bons, ruins, ansiosos.... Quanto mais eu leio, mais eu converso, mais eu chego a conclusão de que tive uma depressão pós-parto. Talvez não tenha sido nada tão grave, mas estive muita confusa comigo mesma durante um longo tempo e hoje eu tento recuperar o tempo perdido, o tempo que perdi chorando e sem vontade de viver a vida com toda a intensidade que ela tem que ser vivida. Sei que a mulher fica muito limitada com um bebê recém nascido em casa, mas eu sofri muito mais com a chegada do segundo filho. Sofri mais com as noites em claro, sofri mais com os problemas alimentares dele, sofri com meus sentimentos contraditórios, sofri para amamentar, sofri por não poder dar toda a atenção que o mais velho merecia. Eu rejeitava todas essas situações, mas graças a Deus não cheguei a rejeitar o meu filho... Me arrependo de não ter pedido ajuda antes, mas com certeza eu teria sido tratada com medicação.

Estou escrevendo esse desabafo porque tem algumas gravidinhas que eu sei que lêem o meu blog. E vcs meninas, por favor, se sentirem que aquela fase do baby blue tá demorando a passar, procurem o seu GO e diga o qiue está acontecendo, trate a depressão pós parto o quanto antes e com certeza sua qualidade de vida será recuperada... Se Deus quiser, nenhuma de vcs terá esse problema, de qualquer forma fica aí o alerta.Só sei que tempo demais dentro de um quarto e na frente de um computador não me pertence mais... Passo as manhãs com os meninos, ajudando com os deveres e com a comida e à tarde comecei a cuidar mais de mim.. Voltei a malhar e quero perder esses sete quilos extras que teimam em me perseguir.. Eu chego lá. beijos e boa semaninha...



Postado porMarta
[ Comente Aqui! ] [ ]




"De volta ao lar"

Olá meninas.... Depois de um mês, tô de volta nesse espaço tão querido por mim.. De volta e revigorada, feliz por ter passado um tempo com pessoas que amo tanto e mais feliz ainda por ter deixado um pouco de lado aquela rotina puxada que estava me cansando. O aniversário do meu pequeno foi lindo, o batizado mais ainda. Pude reencontrar minhas amigas de muito tempo, colocar as fofocas em dia e dar para os meus filhos a oportunidade de curtirem a bisa, o vovô e a vovó... É sempre bom voltar à cidade onde nascemos, curtimos nossa infância e adolescência.

Além da festa e do batizado, teve o noivado do meu irmão, fomos tb assistir ao espetáculo do Circo Internacional da China, aniversário de primos, festa junina, passeios em Penedo e na chalana.... Ou seja, tudo o que as crianças gostam de curtir no período de férias... E o melhor de tudo, tudo isso em família.. O papai foi embora mais cedo e nós ficamos morrendo de saudades.. Agora já estamos na nossa casinha e nos preparando para o segundo semestre do ano... Como o tempo passa rápido não é mesmo????? Mudando de assunto, queria agradecer às amigas que mesmo sabendo que eu estava longe, não deixaram de passar por aqui e deixar seu carinho. Vou dar uma visitada nos blogs de todas e quero ver se encontro novidades e mais coisas bonitas por aí pra colocar no destaque.... Tb já tô pensando em um novo lay pro meu blog e tô com algumas gifs prontas de babys pra organizar e colocar no For You.... Bom por enquanto é isso, beijinhos em todos e volto em breve....



Postado porMarta
[ Comente Aqui! ] [ ]




E 7 anos se passaram...

Oi gente, como vcs estão? Eu andei bem xoxa essa semana e como vcs já sabem, não gosto de aparecer no meu cantinho tão alto astral, murchinha...Tive umas crises existenciais essa semana e ficava a todo momento achando o quanto sou injustiçada... Ser mãe 24 horas cansa, gente, eu tô com um ano de sono atrasado, é preocupação com comida, roupa, dever.. É horário pra remédio, é comidinha saudável pra fazer, é presente de coleguinha pra comprar... Meu cansaço físico está pequeno e insignificante perto do meu cansaço mental...  Tô cansada de morar longe de família, de batalhar para cuidar dos meninos sozinha, porque meu marido ajuda muito pouco(como a maioria dos homens)tem dia que estou tão cansada que eu ligo no automático e saio fazendo tudo correndo e quando paro, parece que não parei.... Esse mês passou voando, eu organizando os aniversários dos meninos e acho que o cansaço só acumulou... Mas o importante é que agora já estou melhor... Sábado nós comemoramos o aniversário do JP e foi maravilhoso, apesar do frio intenso, os coleguinhas vieram e saiu tudo ok.. Hoje é segunda e a missão dessa semana é arrumar as malas para a nossa viagem de sexta feira. Enfim férias! Se eu sumir de novo, não fiquem bravas comigo, estarei descansando e voltarei no final de julho com os ânimos recuperados.. Grande beijo em todas e visitem o destaque: Blog fofo da Dany Baby... Beijocas!

Editando: Passando aqui pra deixar o selinho comemorativo de 2 anos do "Cantinho Novo da Taty". Taty é uma querida amiga e uma das blogueiras mais fofas que conheço, o cantinho dela merece nosso carinho sempre... Beijos, fofa!



Postado porMarta
[ Comente Aqui! ] [ ]




E um ano se passou....

Boa noite meninas...Como vcs podem ver, estou atrasada com o meu post da semana, tudo porque estou atarefasíssima. Anteontem foi o aniversário do meu caçulinha e apesar de fazer a festa dele mesmo nas férias, eu não podia deixar essa data passar em branco. Convidei as minhas amigas Gi e Marinês e elas vieram com os maridos e os filhos pra cantar parabéns pro meu pequeno... Fiz um bolinho com cachorro quente e todo mundo comeu e se divertiu a valer.... A cada balão que eu enchia, ficava me lembando de como esse ano, que foi tão duro para nós, passou voando..... As noites sem dormir, a angústia inicial com o refluxo, a minha luta contra a insônia, o trabalho pra esticar cada soneca, tudo, tudo mesmo, graças a Deus, já é passado. Agora é só colher os frutos de tanto trabalho e cansaço e vibrar com cada conquista do meu filhote... Não deu para passar essa data de 9 de junho em branco....

Hoje tb é aniversário de uma pessoa muito especial para mim.. Minha querida avó faz 80 anos e estou muito feliz de ainda poder ter a companhia dela. A poucas semanas ela foi diagnosticada com princípio de Alzheimer e minha mãe, juntamente com os outros irmãos estão batalhando para que a doença não avance... Ela está tomando uma medicação americana e que faz com que o quadro da doença fique estacionado. Temos esperança de que ela não piore... Mas, vamos deixar de falar de doença e falar de amor e coisas boas.. Feliz Aniversário, minha vó! Só eu sei a importância que a senhora teve na minha criação e na minha vida. Obrigada por tudo!

Ai, ai.. por falar em amor.. Amanhã é o Dia dos Namorados. Vcs vão fazer alguma coisa??? Eu e meu maridão vamos jantar à luz de velas num restaurante com uns amigos  com direito a brinde de champanhe e tudo.... Vai ser muito legal, até porque mesmo depois de oito anos de casados e dois filhos, a gente tem mais é que manter o romantismo, não é mesmo gente?! Espero que todo mundo aproveite o dia de amanhã tb, e pra quem não tem namorado ou marido, torço logo pra que encontre um....

Beijem muuuuuuiiiiiiiiiiiiiitttttttttoooooo. Até semana que vem....



Postado porMarta
[ Comente Aqui! ] [ ]




 Depois de todo o turbilhão no meu blog, essa semana começa um turbilhão na minha casa. Ficarei a semana toda praticamente sozinha com os meninos, pois meu marido está envolvido com um trabalho até sexta feira e JP estará em semana de testes, ou seja..Correria total. Até meu aniversário na terça feira será xoxo, o maridão só consegue chegar em casa às 22 horas, farei alguma coisa com os meninos... Snif.....

Estou passando por aqui hoje porque não queria ficar sem postar, vou fazer compras de supermercado amanhã, terça feira tenho que ir ao Paraguai comprar fraldas para JV e as lembrancinhas do aniversário de JP e JV. Pois é, aqui em casa, eu e os meninos fazemos aniversário em junho. São duas festas pra organizar nesse mês, acho que vou enlouquecer.... A  festinha de JP será mais simples, mais pros amiguinhos mesmo, mas tem muita coisa pra comprar... A do JV, quem está organizando é minha mãe pois a festa será em Resende, quando a gente for pra lá de férias... Tá tudo tão lindo! A do JV vai ser do Backyardigans e do JP do Powers Rangers... Adoro fazer festa de aniversário pros meus filhos.. Tem gente que acha bobagem, gastação de dinheiro, mas eu prefiro gastar dinheiro fazendo festa pra eles do que comprando remédio. Graças a Deus, eles têm bastante saúde.... Existe razão melhor do que essa pra comemorar???

Ai gente, eu não queria tocar nesse assunto, mas voltando ao episódio "quanto mais eu rezo, mas assombração me aparece", eu descobri quem era maluquete que passava por aqui. Tadinha, não merece mais nenhuma palavra a respeito dela... O que eu quero mesmo é agradecer as meninas que me deram apoio.. Anninha, Taty, Cecília, Daday e Mariana.. Fofas como sempre... Desejo tudo de bom pra vcs.Vou me despedindo agora, espero conseguir voltar aqui ainda essa semana pois tenho novidades pro For You. Espero ter tempo pra isso..hihi. Deixo com vcs uma frase linda que li por aí ,não sei aonde, vale a reflexão. Beijinhos!

"Atender a quem te chama é belo. Lutar por quem te rejeita é quase chegar à perfeição."
(Charles Chaplin)



Postado porMarta
[ Comente Aqui! ] [ ]